Banho de Graca

Ontem foi um dia realmente difícil, um dia daqueles. O trabalho estava pegado, trabalhei até as 23:00, e ainda por cima eu moro longe do trabalho. Durante o caminho eu fui pensando no banho quentinho e relaxante que eu tomaria quando chegasse em casa.

O show de Truman e a Religiosidade

Mês passado eu estava passando os canais na televisão e me deparei com esse filme “O Show de Truman”. O show de Truman é um filme de 1998, eu o assisti na época do lançamento e depois nunca mais tinha visto (isso prova que estou ficando velho).

#006 - Jesus e Nicodemos

Daqui para frente Jesus terá uma série de encontros onde seu objetivo principal será expor os corações das pessoas. E ele começa essa série se encontrando com Nicodemos e durante esse encontro Jesus nos ensina sobre o novo nascimento, nascimento esse que vem do Espírito e não da carne.

#005 - Jesus no Templo

Jesus expulsa os mercadores que estavam no templo, fazendo da graça de Deus um comércio. Nem parece que isso foi escrito a dois mil anos atrás. Jesus muda a visão deles de templo e de graça.

Archive for 01/02/11 - 01/03/11

TENHO UMA DOENÇA, MAS NÃO ESTOU DOENTE



“O espírito do homem o sustenta na doença, mas o espírito deprimido, quem o levantará?”

(Provérbios 18.14)

Confesso que não imaginava que o câncer fosse se manifestar tão rápido em meu organismo. Afinal, fazia 11 meses de operado; uma cirurgia pesada, demorada, arriscada e de grande porte. Estava na expectativa de ficar um bom tempo sem a doença (talvez para o resto da vida). Entretanto, de modo assintomático, surge um novo tumor no meu fígado e, como num filme rebobinado, todo o sofrimento cirúrgico, CTI, Semi-intensivo, Quimioterapia e tudo o mais não são uma realidade distante.

O diagnóstico médico é que devo me submeter a nova cirurgia imediatamente, e que depois dela virá mais uma etapa na qual me submeterei a sessões de quimio, com todo o seu desconforto.

Esses últimos três anos tem tido de uma pancada atrás da outra. Imagino o que se passa na cabeça da minha esposa, que tem suportado e sofrido todas estas coisas comigo. Por favor! Orem sempre por ela pedindo força e conforto da parte de Deus, e não somente por ela, mas também por nossas filhas.

Tenho um grande amigo chamado Marcello Queiróz. Há poucos dias liguei para ele e num determinado momento da conversa, quando falava com ele sobre o retorno da doença, ele me disse: David, você é um cara forte. Você está com uma doença, mas não está doente. Interessante foi que lembrei que o oncologista, que há três anos cuida de mim, disse a mesma coisa. A doença surge, mas não me faz adoecer. Até agora os procedimentos médicos têm sido satisfatórios dentro das possibilidades de uma doença insidiosa como o câncer.

Digo a você amado leitor deste artigo que há algo mais do que os procedimentos médicos poderiam fazer. Creio na existência do Deus Todo-Poderoso. Creio nele de todo o coração. Creio em suas intervenções. Sei que ele cura a quem quiser, e dá forças a outros para suportarem situações humanamente implacáveis quanto esta que estou a viver.

O texto bíblico que acima trancrevi é um suporte para mim. Realmente o espírito fortalecido por Deus sustenta a pessoa no seu tempo de angústia, no seu tempo de doença. Dentro de alguns dias me submeterei à terceira grande cirurgia em três anos. Em média é uma por ano. Entretanto, tenho vivido um inexplicável otimismo. Uma paz muito grande. Humanamente é impossível explicar isto. É algo que vai além de uma terapia psicológia (muito embora não abro mão dela, pois minha terapeuta, Dra Miria Ribeiro, tem me abençoado tremendamente); minha explicação para isso que sinto, para esta paz e otimismo, é que Deus está com as suas boas mãos sobre mim; Ele é o Meu Pastor e nada me faltará.

Há momentos em que meus olhos ficam molhados por um choro que não sai. Em outros momentos penso em todo o desconforto e riscos que vêm aí. Há horas em que parece que vou esmorecer. Nesses momentos lembro de que não devo permitir que o meu espírito se deprima. Busco a Deus, oro, submeto-me à sua soberania e cuidados pastorais. Ele sempre tem uma forma de me fortalecer. Por isso digo: Tenho uma doença, mas não estou doente (abatido), pois o meu Pastor está comigo.

...Seu amigo pastor David Baeta

www.davidbaeta.com

baetadavid@gmail.com

Descansar em Deus!




Olhando assim parece ser uma simples frase, com um simples comentário sobre confiar em Deus. Mas na prática, quem passa por situações difíceis, sabe que é extremamente difícil descansar quando as situações nos pressionam ou quando não conseguimos entender o que está se passando.

Isso me fez pensar no por que não confiamos em Deus, e me veio algumas sugestões:

1. Porque não acreditamos na sua soberania.
Quando nos sentimos encurralados e acuados, a primeira coisa que fazemos, não sei você, pelo menos eu faço, é procurar todas as possíveis possibilidades para sair dessa situação. No fundo, eu acredito que eu tenho o melhor caminho e que sou eu que comando a minha vida. Esqueço que Deus é soberano e que nada acontece sem o seu consentimento ou permissão.
“Não se vendem dois pardais por uma moedinha? Contudo, nenhum deles cai no chão sem o consentimento do Pai de vocês. Até os cabelos da cabeça de vocês estão todos contados. Portanto não tenham medo; vocês valem muito mais que pardais!” (Mt 10.29-31)


2. Porque achamos que podemos fazer melhor.
Sempre nas situações difíceis tentamos tudo que está ao nosso alcance, depois que percebemos que não conseguimos ai entregamos a Deus. No fundo, por mais que isso não seja dito, pelas nossas ações podemos concluir que sempre achamos que podemos fazer melhor do que Deus, em vez de simplesmente entregar nas mãos dele.
“Confie no Senhor de todo o seu coração e não apóie em seu próprio entendimento; reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas.” (Pv 3.5-6)

3. Porque não acreditamos no seu amor.
Ás vezes nos pegamos achando que preciso lutar pelos meus direitos porque se eu não fizer ninguém mais fará. Para o cristão isso é uma mentira, porque o nosso Deus sempre está fazendo o melhor em nossas vidas, mesmo que por alguns momentos não consigamos enxergar isso.
“Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. (Rm 8.28)

4. Porque perdemos o foco.
Diante das situações adversas temos a tendência a olhar o problema e esquecemos de olhar para Deus, o grande autor e consumador da nossa fé.
“Tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé. Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus.” (Hb 12.2)

Certa vez um garotinho viajava sozinho em um avião, lendo seu gibi despreocupado. Quando de repente começou uma turbulência violenta, o sinal de apertar os cintos acende. E o garoto continuava lendo o seu gibi.
O avião começa a descer e o rapaz ao lado do menino começa a se apavorar e o menino continua lendo seu gibi. O rapaz agoniado olha para o menino e pergunta:
Como pode você ficar nessa tranqüilidade quando está vendo que o avião está caindo?
E o menino olha para aquele homem e diz:
Eu estou tranqüilo porque o meu pai é o piloto e eu confio nele.
Passado alguns minutos e o avião se estabiliza e todos chegaram bem ao seu destino.

Que sejamos como esse menino diante das turbulências da vida, porque quem está no controle é o nosso Pai.

“Lancem sobre ele toda a sua ansiedade, porque ele tem cuidado de vocês.” (1Pe 5.7).

Simples assim!



Ontem, quando estava reunido com a igreja em minha casa, conversávamos sobre Filipe e o eunuco (At 8) e uma irmã falou a seguinte frase: “é simples assim”. E essa frase me chamou a atenção para a complicada realidade do evangelicalismo atual e da chamada do Senhor para voltarmos às coisas simples.

E olhando a história de Filipe e seu encontro com o eunuco, tesoureiro de Candace, a rainha da Etiópia, eu percebi como as coisas eram simples na vida dos dois, e como nós às complicamos.

Quando Deus manda devemos obedecer. Simples assim! Filipe estava com o ministério bombando em Samaria, muitos se convertendo, sendo batizados, recebendo o Espírito Santo e mesmo assim quando o anjo do Senhor falou para ele ir ao caminho que desce de Jerusalém a Gaza, um caminho deserto, ele não hesitou, e na mesma hora foi para o caminho. Quantos lideres atuais teriam a mesma disposição em obedecer? Ou o mesmo relacionamento com Deus para serem tão sensíveis a Sua voz?

Deus se importa com cada indivíduo. Simples assim! Deus mandou Filipe àquele caminho porque se importava com aquele tesoureiro, e queria alcançá-lo com o seu amor. Da mesma maneira que aconteceu com cada um de nós.

O eunuco creu e foi batizado. Simples assim! Ele viu a água e perguntou a Filipe: o que me impede de ser batizado? E Filipe respondeu: Nada, se você crê de todo o coração. E ele disse: Eu creio que Jesus Cristo é o filho de Deus. Simples assim não precisou de profissão de fé, aprovação da igreja, classe de catecúmenos, uma investigação na sua vida, só crer é suficiente, é simples mesmo.

O evangelho é simples, ser igreja é simples, basta viver com simplicidade sem complicar o que é simples. Que voltemos à simplicidade amando uns aos outros e caminhando a cada dia, para mais perto do Senhor.

Rodrigo Rezende