Banho de Graca

Ontem foi um dia realmente difícil, um dia daqueles. O trabalho estava pegado, trabalhei até as 23:00, e ainda por cima eu moro longe do trabalho. Durante o caminho eu fui pensando no banho quentinho e relaxante que eu tomaria quando chegasse em casa.

O show de Truman e a Religiosidade

Mês passado eu estava passando os canais na televisão e me deparei com esse filme “O Show de Truman”. O show de Truman é um filme de 1998, eu o assisti na época do lançamento e depois nunca mais tinha visto (isso prova que estou ficando velho).

#006 - Jesus e Nicodemos

Daqui para frente Jesus terá uma série de encontros onde seu objetivo principal será expor os corações das pessoas. E ele começa essa série se encontrando com Nicodemos e durante esse encontro Jesus nos ensina sobre o novo nascimento, nascimento esse que vem do Espírito e não da carne.

#005 - Jesus no Templo

Jesus expulsa os mercadores que estavam no templo, fazendo da graça de Deus um comércio. Nem parece que isso foi escrito a dois mil anos atrás. Jesus muda a visão deles de templo e de graça.

Archive for 01/06/12 - 01/07/12

Um convite a olhar em volta


Estamos vivendo num tempo de correria, insensibilidade e egoísmo. Mas será que é isso que Deus espera de nós, seus filhos, para esse tempo? Será que não era sobre isso que Paulo pensava quando escreveu Romanos 12.2 “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”? Creio que sim.

Então, o meu convite a você hoje, é para que, através do Espírito Santo de Deus e de sua Palavra, você possa ser transformado pela renovação da sua mente, num homem missional. Mas o que é ser missional? Missional é aquele que entende que existe uma missão a cumprir e se esforça com tudo o que tem para levar a bom termo o cumprimento dessa missão.

Vamos olhar para vida de Neemias e extrair princípios valiosos de como ser um homem missional. Para isso é necessário entendermos quem é Neemias e onde ele está.

Neemias era um judeu do exílio e sua família tinha permanecido na Pérsia após a permissão de retorno dada por Ciro. Ele galgou uma alta posição no reino, era copeiro do rei. E nunca tinha estado em Jerusalém, já que havia nascido no cativeiro.

Mas ele olhou em volta, não fixou seus olhos nos seu próprio umbigo, olhou para a realidade de Jerusalém, e percebeu que tinha uma missão a desempenhar.

1. Ele perguntou sobre a cidade.
Neemias estava numa posição confortável, estava bem na fita, era copeiro do rei. Ele poderia muito bem ter continuado com a sua vidinha, sem arrumar problema para a sua cabeça, adquirindo alguns bens e criando sua família.

Mas quando ele viu algumas pessoas que vinham de Jerusalém ele perguntou a elas como estava a cidade. E ouviu daqueles homens que o povo estava passando por grandes dificuldades e que o muro estava derrubado.

Qual foi a última vez que você perguntou sobre a sua cidade, o local que Deus te estabeleceu? Hoje existem várias formas de você perguntar, uma é você se envolvendo com pessoas da cidade e perguntando como está a cidade para elas. Outra é você pesquisar sobre a cidade no google ou em qualquer outro meio de busca.

Mas a grande questão é: você se importa com a sua cidade? Será que você entende que Deus te colocou onde você está com uma missão, de levar o evangelho as pessoas e transformar a realidade da cidade?

2. Ele se sensibilizou com a situação da cidade.
Neemias não só perguntou sobre a cidade como geralmente fazemos com as pessoas: e ai tudo bem? Mas não estamos muito interessados na resposta. Ele quando soube da realidade da cidade se sentou e chorou.

Qual foi a última vez que você chorou por enxergar a realidade da sua cidade? Ou será que já chorou por ela?

O Senhor Jesus ao olhar para a cidade de Jerusalém se compadece “Jerusalém, Jerusalém, você que mata os profetas e apedreja os que lhe são enviados! Quantas vezes que quis reunir os seus filhos, como a galinha reúne seus pintinhos debaixo das suas asas, mas vocês não quiseram.” Mt 23.37

3. Ele orou pela cidade.
Ao ver a situação de Jerusalém e do povo que lá estava Neemias se lamenta, jejua e ora ao Senhor.

Quando é que nos reunimos para orar pela nossa cidade? Na maioria das vezes nos reunimos para orar por nós mesmos, nossos problemas, nossas enfermidades. Quando muito, pedimos oração por alguém que conhecemos ou algum familiar.

Quando ele ora ele se coloca como pecador junto com o seu povo. Será que temos nos identificado com o nosso povo? Ou simplesmente colocamos a culpa dos pecados da cidade nos não crentes?

4. Ele agiu para a restauração da cidade.
Ele não só orou, mas agiu. Ele foi perante o rei, e quando esse perguntou o que ele tinha ele disse do lamento dele pela cidade e da sua vontade de ir até lá e reconstruir os muros físicos e espirituais daquela cidade. E o rei atendeu o seu pedido.

O que nós temos feito para restaurar as nossas cidades? Será que temos nos envolvido com os problemas sociais das nossas cidades? Ou será que estamos tão atarefados com os nossos programas e dilemas que não conseguimos levantar a cabeça e olhar ao nosso redor?

Que possamos viver vidas missionais, olhando ao nosso redor, enxergando a realidade, nos livrando da insensibilidade e nos envolvendo com a missão que Deus nos deu na nossa cidade.

Por seu Reino de missão

Rodrigo Rezende