15 TESES SOBRE A VERDADEIRA IGREJA - 4


4. De casas que são igreja para igreja nas casas.

Existem coisas que nos deixam tristes facilmente, a eliminação do Brasil na copa do mundo por exemplo, a perda de um ente querido, quando algumas coisas não acontecem como o esperado, cada um tem as suas razões para se entristecer. Uma das coisas que mais me entristece é quando estou reunido com os irmãos para cultuar e o dirigente, ou qualquer outro, começa dizendo: “Estamos aqui reunidos na casa de Deus”. Você pode estar pensando que isso é uma coisa muito pequena para me deixar tão triste. Talvez fosse pequena se a Bíblia não insistisse tantas vezes que nós somos o templo do Espírito Santo, nós somos a sua casa, nós as pessoas, não um prédio qualquer.

“Vocês não sabem que são santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vocês?” (1Co 3.16) “Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de si mesmos?” (1Co 6.19) “Que acordo há entre o templo de Deus e os ídolos? Pois somos santuário do Deus vivo. Como disse Deus: Habitarei com eles e entre eles andarei; serei o seu Deus e eles serão meu povo” (2Co 6.16)

O cristianismo é a única religião que fala de um Deus que habita no seu servo, isso não existe em mais nenhuma outra religião. E infelizmente isso tem se perdido com o tempo e, como no judaísmo, mais atenção tem sido voltada para o “templo” e menos para as pessoas. Faça uma retrospectiva na congregação em que você se reúne e veja, em termos financeiros, quanto foi gasto em manutenção, reforma, limpeza e etc. no “templo” e quanto foi gasto em ação social. Não estou generalizando, eu sei que existem comunidades que investem muito mais em pessoas do que em coisas, mas infelizmente são a minoria.

Desde os tempos do Novo Testamento não existe mais algo como a “casa de Deus”. Deus não vive em templos erguidos por mãos humanas “Todavia, o Altíssimo não habita em casas feitas por homens” (At 7.48), “O Deus que fez o mundo e tudo o que nele há é o Senhor dos céus e da terra, e não habita em santuários feitos por mãos humanas.” (At 17.24). É o povo de Deus que constitui a igreja. Por essa razão, a igreja está em casa, no exato lugar em que as pessoas estão, em casa: nos lares. É ali que os seguidores de Cristo partilham a vida no poder do Espírito de Deus, tomam refeições em conjunto e muitas vezes nem mesmo hesitam vender propriedade particular, repartindo as bênçãos materiais e espirituais com outras pessoas.

É interessante observar que a maioria das igrejas foi fundada como igrejas nos lares – e resultou em casas com forma de igreja. Todo encontro de família nos ensina que certamente é viável manter comunhão estreita sem ser excessivamente estruturado. Na verdade, o excesso de estrutura atrapalha a comunhão. Elas conseguem passar juntas períodos bons mesmo sem um mestre de cerimônias, sem uma palavra de saudação, um hino especial, uma palestra do pai e uma palavra de agradecimento da mãe. A igreja não é uma apresentação artificial, ela faz parte do cotidiano, justamente por ser o “caminho da vida”, um estilo de vida.

Na igreja nos lares os irmãos instruem-se como se inserir melhor, enquanto ser humano, nas leis de Deus em meio à vida prática – e não por meio de palestras professorais, mas de modo dinâmico, no estilo pergunta e resposta, numa conversa. É ali que oram, batizam e profetizam uns aos outros. É ali que podem deixar cair a máscara e até confessar pecados, porque conquistam uma nova identidade coletiva pelo fato de se amarem mutuamente, apesar de se conhecerem e constantemente tornarem a se perdoar. Você consegue imaginar isso acontecendo na estrutura atual?

Calma, não me critiquem ainda. Eu não acredito que uma simples mudança de estrutura vai mudar o coração de alguém. Eu sei que a mudança está no nosso coração e não no exterior. Eu não estou aqui simplesmente criticando a estrutura atual de denominações e etc. Mas estou tentando aprender como os irmãos viviam, estou tentando aprender o que é ser igreja. Porque percebo, e acredito que todos percebem, que existe um abismo eclesial, a igreja sobre a qual pregamos é muito diferente da igreja para a qual pregamos. Estou tentando ultrapassar esse abismo. Eu sonho com uma igreja simples, que não precisa de muito dinheiro e que acontece no dia-a-dia das pessoas, e entendo que a melhor forma disso acontecer é a igreja voltar para os lares, que é o lugar de onde nunca deveria ter saído. Se os discípulos que viveram com Jesus, quando começaram a se reunir se reuniam nas casas, e pelo que parece, não tinham interesse em construir um prédio, deve ser porque alguma coisa de bom tinha nisso.

Se existe algo que a história da igreja deixa bem claro, é o seguinte: o caminho da religião organizada até o institucionalismo – e de lá para a esclerose da fé – é muito curto.

15 Comentarios

  1. Anônimo says:

    Bem... não tenho dúvida que tudo que foi escrito é proveitoso para nossa vida e até mais que proveitoso, de suma importância para nossa vida com Deus. As mudanças são difíceis, principalmente quando durante anos da ossa vida fomos ensinados de que o "errado" é o certo. Se alguém tem alguma dúvida sobre a veracidade das palavras acima citadas, basta abrir o coração e pedir que o Espirito Santo o revele. Deus abençoe mais e mais sua vida Pr.Rodrigo.

    Débora

  2. Anônimo says:

    Acho interessante argumentarem de que o "errado" é o certo... para quem lê a Biblia, o que está sendo postado nesse blog não é nenhuma novidade. E se a reunião em templos não fosse algo bíblico, não haveria porquê a Bílbia fazer referência a isso...e o próprio A conversão de um pecador não é instituida, mas experimentada pelo poder do Espírito Santo. Aquele que de fato se converte Cristo expulsar do templo aqueles que o estavam profanando. O lugar de se reunir como igreja para cultuar a Deus é apenas uma questão de logística, afinal, 150 pessoas ou mais não cabem num quitinete, a não ser que seja uma reunião seletiva... o que não caracteriza a Igreja de fato.

  3. Silvia, PIBMG, sp says:

    Rodrigo...eu tenho uma teoria para isso...as pessoas não querem compromissos estreitos e, em contrapartida, querem conforto, então a reunião em prédios bem estruturados passa a ser o "ajuntamento" do útil ao agradável..."Até logo, irmão (nem lembro o nome dele), boa semana"..e fim, acabou o vínculo. Por outro lado também, o templo bem estruturado pode trazer as famílias mais comodidade no sentido de seus filhos terem atividades sadias, crescerem junto com os amiguinhos crentes, sem precisar ter muito contato com lugares mundanos, porque uma coisa é certa, o adolescente ou jovem pode ser crente, mas seus hormônios são exatamente iguais aos dos não crentes. Eles precisam "gastar" esses hormônios, então que seja num prédio bem estruturado, junto com amigos que tenham os mesmos interesses. Não que isso seja uma fórmula absolutamente certa de sucesso, claro que não, tudo que se lida com "gente" é imprevisível, mas tem suas probaidades.
    Gostei muito do artigo...um grande abraço...saudades.

  4. Anônimo says:

    Amado Rodrigo, É muito triste um homem de DEUS investir seu tempo no ataque a Igreja.
    Não consigo entende-lo.
    Se na Bíblia não existissem Igrejas, mas o que Paulo fez ? Plantou Igrejas.
    Como todos podem ver nas cartas que escreveu, Paulo exortou aqueles irmãos a terem comportamento correto e se afastarem de tudo o que você descreve nesses artigos.
    Somos homens e por isso nossa tendência é pecar o tempo todo.
    A Igreja Perfeita só existe na Glória.
    O que está escrito nas cartas às Igrejas no Apocalipse ? É atual até hoje.
    Permita-se ser usado por DEUS na pregação do Evangelho ganhando almas pra JESUS, como você bem fazia, repreenda essa "INEXPLICÁVEL" revolta, o inimigo está batendo palmas pra isso: UM PASTOR ATACANDO SEUS IRMÃOS EM CRISTO.
    Decepcionante, muito triste ...
    Toda visão de busca por uma Igreja pura que DEUS colocou no seu coração está se perdendo em acusações, ressentimentos e julgamento.
    Não deixe que satanás roube toda admiração que temos por você.
    Nós te amamos.
    Estamos todos do mesmo lado, não somos adversários.
    Com amor sempre em CRISTO.

  5. Anônimo, acho que vc não entendeu mt bem o que foi escrito, eu disse em algum lugar que na Bíblia não existem igrejas? Eu disse que a igreja na Bíblia, se desenvolvia de maneira diferente, sem ter um prédio. Eu amo a igreja, não acredito que exista igreja perfeita, mas acredito sim que devo viver na busca de sempre ser melhor como igreja. Deus me chamou para patorear a igreja dele, é o que fiz, estou fazendo e sempre farei. Não estou atacando ninguém, estou escrevendo sobre o que a Bíblia nos diz sobre igreja, e muito menos atacando meus irmãos. Eu entendo que existe uma igreja só em cabo frio e todos são meus irmãos, não estou atacando quem pensa diferente, não estou ressentido meu irmão, eu sai da PIB pq entendi de Deus, pq estaria ressentido com isso? Se tivesse que estar ressentido estaria com Deus. Agora amo mais a Cristo e sua igreja do que ontem. Realmente estamos do mesmo lado meu irmão, quem disse o contrário? Não leve o que escrevo aqui para o lado pessoal, avalie e retenha o que for bom, e o que não for vc pode sempre postar um comentário, que sempre estarei lendo e tentando melhorar na medida do possivel.
    Em Cristo

  6. Anônimo says:

    mas, se eu demorar, saiba como as pessoas devem comportar-se na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, coluna e fundamento da verdade. 1tm 3.15. nesse texto, casa de Deus, refere-se a que?

  7. Anônimo, esse é realmente um bom texto para se conversar, mas por aqui não daria para conversarmos é um assunto extenso, se quiser continuar essa conversa poderemos continuar por email: rodrigosbpv@hotmail.com
    Abraço

  8. Outro dia ouvi em algum programa de televisão que " até um feijão quando plantado se dirige em direção à luz". Por que é tão difícil pra nós como servos de Deus nos deixar transformar, mesmo nas nossas mais profundas convicções e tradições pelo que a Palavra de Deus diz. O salmista diz:"lâmpada para os meus pés é a tua Palavra e luz para o meu caminho". A Palavra de Deus, e pura e simplismente ela, é que deve nortear a nossa vida e principalmente nossas práticas e nosso comportamento como Igreja de Jesus no mundo. Por que é tão difícil parar e avaliar sinceramente como temos nos comportado como Igreja ao longo dos anos? Isso é uma prática mt saudável. Por que temos tanta dificuldade e vemos com tão maus olhos qdo algum irmão tenta nos advertir disso? Sei que, para mim, ainda há mt a aprender e a buscar no Senhor sobre o que é e como devo viver a Igreja de Cristo, mas tb sei que algo de mt errado há na forma que estamos vivendo para que, totalmente ao contrário de como a Igreja primitiva (aquela que estava tão próxima aos ensinos ainda tão "fresquinhos" do Senhor Jesus e dos apóstolos) caía na graça de todo o povo, hoje a grande maioria das pessoas seja antipática à Igreja e consequentemente ao Cristo que a Bíblia apresenta.
    Voltemos à Palavra e que ela nos liberte!!!
    Priscila Rezende.

  9. Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus. Mateus 22:29

    Paulo disse:
    Examinai tudo. Retende o bem.
    I Tessalonicenses 5:21

    Deus abençoe os irmãos

    Marcos Macedo

  10. Anônimo says:

    A Igreja caía na graça do povo porque tinham tudo em comum: um só Senhor, uma só fé, um só Espírito, um só amor... Quando Jesus ora por nós em João 17, Ele afirma que o mundo nos conheceria por sermos unidos entre nós (Igreja)e unidos com Ele, tal como Ele é um com o Pai. Nenhum comentário que postarmos aqui vai mostrar que somo mais ou menos Igreja do que qualquer um... infelizmente, o amor se esfriou e caiu na esfera da narrativa. Recomendo o que esá em Efésios 6:18-20. Orai, orai, orai...

  11. Roberta says:

    Primeiramente, caro anônimo, por que não se identifica? Tenho uma pergunta para o amado, tendo em vista o trecho do seu depoimento que diz "A Igreja caía na graça do povo porque tinham tudo em comum: um só Senhor, uma só fé, um só Espírito, um só amor"... Você acha re-al-men-te que as "igrejas" vivem isso hoje? Então você pode me explicar, biblicamente, de onde surgiram as denominações? Entendo sua inconformação, mas não me conformo e peço a Deus, que seu Espírito Santo nos abra o entendimento (At. 16.14b) e que seja... "Não por força, nem por violência, mas sim pelo meu Espírito, diz o Senhor dos exércitos" (Zac 4.6) "E eu, irmãos, apliquei estas coisas, por semelhança, a mim e a Apolo, por amor de vós; para que em nós aprendais a não ir além do que está escrito, não vos ensoberbecendo a favor de um contra outro" (I Coríntios 4.6). Que o amor de Deus abunde em nossos corações e que "Ninguém tenha de si um conceito mais elevado do que se deve ter..." (Rom.12.3). Roberta Cardoso.

  12. Anônimo says:

    "ide e pregai o Evangelho" palavras de JESUS em Marcos 16:15.
    Irmãos invistam os vossos tempos como instrumento de DEUS para que outros possam se dobrar diante de JESUS.
    Nós estamos chegando ao final dos tempos, o mundo jaz nas trevas, o que importa para quem é servo de JESUS é ganhar almas, porque falar de Igrejas e denominações ? Como foi dito aí acima, DEUS não habita em templos feito por mãos, DEUS está onde os santos estão, somos o templo do Espírito Santo, se os santos se ajuntam em casas, lá estará DEUS, se ajuntam em templos de denominações lá estará DEUS e ponto.
    Se uns preferem adorar o SENHOR pulando ou rodopiando, amém, se falando em línguas, amém, se for num culto formal em silêncio, amém.
    A menos que alguém tenha a pretensão de dizer que os santos não se ajuntam em igrejas, somente em casas. Nesse caso é bom ler a PALAVRA por inteiro, não só ATOS no início, afinal Paulo fez o que ? Plantou igrejas. Ele mesmo deu instruções quanto ao comportamento da liderança da igreja (1 Timóteo 3:1 a 13). Que igreja ? A que se reúne em casa ? Devia ser um casarão !
    O que vemos hoje nada tem de diferente do que Paulo viu e escreveu exortando aqueles irmãos.
    Onde há homens há o pecado, há erros e não é diferente em grandes denominações como em pequenas reuniões em casas. Devemos nos conformar ? Claro que não. Mas, daí a dizer que um é certo e outro é errado não chegaremos a lugar algum.
    Convido a todos a pregar as boas novas, combater o bom combate, ser instrumento nas mãos DAQUELE que virá buscar, em breve, a sua noiva.
    SHALOM !

  13. Jhonata says:

    nossa achei muito bom esse blog pq ele tem muito do q eu entendo de como os servos de Deus devem ser e te admiro muito por essa dependencia de Deus por esse amor a Deus q naum te permite olhar os beneficios de pastorear uma denominação grande
    abraço fik na paz e continue firme do desafio q Deus colocou pra vc

  14. Jhonata says:
    Este comentário foi removido pelo autor.
  15. Jhonata says:

    achei muito bom esse blog pq ele tem muito do q eu acredito admiro essa dependencia q te permite naum olhar os benifios de pastorear uma congregação grande
    parabens fik com Deus e continue firme no desafio que Deus colocou p/vc

Comente

Você pode e deve comentar, somente atente para as seguintes observações:
1. Reservo o direito de não públicar criticas negativas de "anônimos". Quer criticar e ter a sua opinião publicada? Identifique-se; 2. Discordar não é problema, é solução, pois leva ao aprendizado! Contudo, com educação. Sem palavrão! 3. Ofereça o seu ponto de vista, contudo, não aceitarei esta doutrina barata do “não toque no ungido” do Senhor ou "Não julgueis para que não sejais julgados"