Tempo a sós com Deus



No final de semana passado eu estive em um congresso onde o ministério livres para adorar estava ministrando, e o líder desse grupo, Juliano Son, ministrou a Palavra. Fui tremendamente impactado, mais uma vez, pela a ação de Deus na simplicidade da pregação da Palavra.

Depois da pregação de sábado, o Juliano deixou o microfone e foi para o canto do púlpito, se ajoelhou e começou a orar. Naquele momento senti vontade de ir até o microfone e falar que aquela palavra exigia prática de vida, exigia vida de oração, exigia pagar o preço.

Eu estou cansado de ir a congressos e ver pessoas se derramando em lagrimas e quando voltam para casa tudo volta a ser como antes.

Não fui. Deveria ter ido, mas não fui. Ainda bem que não fui. Acredito que precisava praticar isso na minha vida antes de subir num púlpito e falar isso.

O próprio Senhor Jesus passava horas a sós com Deus, mesmo sendo Deus, por ser Deus “De madrugada, quando ainda estava escuro, Jesus levantou-se, saiu de casa e foi para um lugar deserto, onde ficou orando” (Mc 1.35). E ainda reclamamos de acordar cedo.

“Tendo despedido a multidão, subiu sozinho a um monte para orar. Ao anoitecer, ele estava ali sozinho...” (Mt 14.23). A sós com Deus.

“Então Jesus foi com os seus discípulos para um lugar chamado Getsêmani e lhes disse: sentem-se aqui enquanto vou ali orar.” (MT 26.36).

Eu poderia citar muitos outros exemplos, mas acredito que esses bastam.

Precisamos cultivar nosso relacionamento com o Senhor, aprender a ficar a sós com Ele, aprender a ouví-lo.

A minha semana tem sido diferente, não pelas circunstâncias, mas pelo relacionamento que está acima de qualquer circunstância.

Mas quem está disposto a pagar esse preço?

E ainda nos perguntamos por que é que os sinais não acompanham a pregação do evangelho em nossos dias.

“Existem muitos pregadores, professores e blogueiros, mas a grande necessidade da igreja são homens e mulheres que passem tempo a sós com Deus” Paul Washer.

2 Comentarios

  1. Refletindo nesse post, estou aqui pensando...achamos tão difícil falar com Deus, separar um tempo do nosso dia, quando devíamos fazer isso o dia inteiro..e isso é pra benefício nosso! Só nos prova o quanto somos ingratos com tudo o que o Senhor fez, faz e fará por nós!! Falar com Deus é a coisa mais gostosa que tem...saber que Ele está ali ouvindo o nosso clamor, disposto a nos acolher. Sentir a presença de Deus é maravilhoso e ainda assim, relutamos em ter um tempo a sós com Deus!

  2. pr, muito bom estar com vc na quinta feira.
    sobre o artigo, a grande verdade é que estamos mais preocupados com o funcional e esquecemos o devocional.
    por vezes nos envolvemos tanto com nossos cargos em nossas igrejas que acabamos esquecendo da nossa propria vida, e quando percebemos estamos como um galho seco na videira.

Comente

Você pode e deve comentar, somente atente para as seguintes observações:
1. Reservo o direito de não públicar criticas negativas de "anônimos". Quer criticar e ter a sua opinião publicada? Identifique-se; 2. Discordar não é problema, é solução, pois leva ao aprendizado! Contudo, com educação. Sem palavrão! 3. Ofereça o seu ponto de vista, contudo, não aceitarei esta doutrina barata do “não toque no ungido” do Senhor ou "Não julgueis para que não sejais julgados"