Construindo um Grande Nome


Segunda a tarde eu estava passando uns canais na TV, não se assustem, segunda é a minha folga, quando parei num canal evangélico. Era o programa de uma igreja, e seu jovem pastor falava sobre Salomão, eu me enteressei e parei para ver. Que grande erro meu. Para o meu espanto, aquele homem estava dando alguns princípios sobre a vida de Salomão, para fazermos do nosso nome um grande nome na sociedade, para adquirirmos fama. Para ele, essa era uma grande preocupação de Salomão, fazer o seu nome conecido. E então ele colocou alguns princípios, vou listar alguns deles:

1 - Do que você tem se alimentado?
Ele se utilizou do episódio onde a Rainha de Sabá conheceu Salomão e se admirou de sua mesa farta. Ele dizia sobre o que temos colocado pra dentro de nossas vidas, coisas boas ou coisas ruins? E assim por diante. E é lógico que ele não estava falando de comida especificamente.

2 - Qual é o lugar que você tem dado as pessoas na sua vida?
Da mesma forma ele falou que a Rainha de Sabá observou que muitos tinham lugar na mesa de Salomão. E aplicou sobre como temos dado lugar as pessoas na nossa vida, que a fama virá quando dermos espaços para as pessoas certas nas nossas vidas.

3 - Qual é a imagem que você tem passado?
Nesse ponto ele se superou. Ele comentou que a Rainha reparou a roupa de Salomão. "As pessoas reagem à sua imagem, às suas roupas, sua aparência ajuda a construir o seu nome. Não adianta ser bom, tem que parecer bom, às vezes estamos certos mas com a imagem errada", essas são as palavras do próprio pastor, acho que nem preciso dizer nada sobre isso.

Chega de falar sobre esses absurdos vamos falar sobre o que a Bíblia diz sobre construir um grande nome. A palavra de Deus diz que "Deus lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai." (Fp 2.9-11). Mas infelizmente as palavras desse pastor revelam aquilo que está nos coração de muitos. As pessoas têm se preocupado com o seu nome e não com o nome de Cristo, com as coisas do mundo, e não com as coisas do céu. O grande nome que precisa ser construido nas nossas vidas e na vida de outros é o nome do Senhor Jesus e não o meu, a não ser que seja o nome de Cristão, tão mal entendido e tão mal usado em nossos dias.

A palavra de Deus nos diz que o nosso ministério é ser despenseiros e "o que se requer dos despenseiros é que sejam fiéis" (1Co 4.2). Eu não me sinto diminuido em carregar o nome de Cristo e de fazê-lo conhecido, esse é o meu ministério. O despenseiro é como se fosse um garçom, sua única função é levar a comida até os clientes. Não foi ele que preparou a comida, não foi ele que montou o restaurante, nem é ele que o administra, o seu único papel é fazer com que a comida chegue na mesa do cliente sem nenhum acidente. Assim somos nós, nosso papel é levarmos o nome de Cristo, a mensagem de Cristo, sem sujá-la com nossas atitudes.

Não precisamos mais de reconhecimento, fama, um grande nome na sociedade. Já temos tudo o que precisamos para essa vida e para a próxima, JESUS. Nos agarremos a esse nome e a essa identidade "Cristão". "Se é somente para essa vida que temos esperança em Cristo, somos, de todos os homens, os mais dignos de compaixão" (1Co 15.19)

4 Comentarios

  1. Vinicius says:

    Eae Digão, to curtindo muito teus textos mano, que Deus te abençoe muito no ministério e na tua vida pessoal também, abração.

  2. Sacha says:

    Digão, esses caras parecem imitar a Torre de Babel. Deus não se agrada de gente que quer construir seu próprio nome (Gn 11). Aliás, é Ele quem engrandece o nome... "Farei de você um grande povo, e o abençoarei. Tornarei famoso o seu nome, e você será uma bênção." (Gn 12.2)
    Abraço,
    Sacha

  3. Valeu Sacha e Vinicius, vamos continuar caminhando com a pureza e a simplicidade do evangelho.
    Abraço
    Rodrigo

  4. Anônimo says:

    Acabei de ler A. W. Tozer: "Uma regra um tanto estranha do reino de Deus diz que quando tentamos crescer, então é que ficamos menores. Deus é zeloso em relação a sua glória e não permitirá que ela seja dividida com ninguém. O esforço de aparentar-se grande trará um desprazer para Deus sobre nós e de fato nos impedirá de alcançarmos a grandeza pela qual tanto nos esforçamos".
    Diogo Carvalho

Comente

Você pode e deve comentar, somente atente para as seguintes observações:
1. Reservo o direito de não públicar criticas negativas de "anônimos". Quer criticar e ter a sua opinião publicada? Identifique-se; 2. Discordar não é problema, é solução, pois leva ao aprendizado! Contudo, com educação. Sem palavrão! 3. Ofereça o seu ponto de vista, contudo, não aceitarei esta doutrina barata do “não toque no ungido” do Senhor ou "Não julgueis para que não sejais julgados"